Inspiração: Meu professor de Química.

(Não sei qual é a faixa etária das pessoas que lêem isso aqui, se fazem ensino médio ou não, mas se não entender do que o texto se trata, vai no Google e pesquisa sobre efeito fotoelétrico.)

Quantas e tantas vezes sabemos que o nosso amanhã nos trará um grande desafio e isso ocupa nossa cabeça? Muitos dizem que o amanhã é um mistério, mas rotina e agenda são coisas previsíveis e, às vezes, inadiáveis.

Comigo, por exemplo, sei que amanhã estarei fazendo um simulado da prova da UFRN e este fato me tirou os nervos. A preocupação em relação ao meu desempenho fez com que minha voz ficasse extremamente irritante. Sou muito auto-crítica e me cobro mais do que deveria. Isso faz com que frustração seja uma redundância quando se fala de mim.

Aula de Química, o que se espera? Modelos atômicos. Mas o professor consegue dar uma lição de vida para mim usando efeito fotoelétrico. Ele é um daqueles professores que servem de psicólogos quando você está passando pela TPV (tensão pré-vestibular) e eu realmente estava precisando ouvir uma palavra de conforto nem que fosse no improviso na hora da aula. Então falei, disse que estava nervosa e com sua sabedoria acumulada, ele olhou e disse:

“Vai dar tudo certo, não fique nervosa. Você está se preparando pra isso. Não pense que não vai dar certo. É como no efeito fotoelétrico: os elétrons “pulam” de uma camada pra outra se a energia certa for aplicada. Se não for a energia correta, o elétron nem se move. A energia correta é a energia positiva. Pense positivo, isso vai te atrair coisas positivas. A partir de hoje, não pense mais em coisas negativas. Energia negativa te atrai coisas negativas e isso não é bom. Você é capaz, você está se preparando…”

Não lembro mais o que ele falou, mas a essência foi essa. Não foram exatamente essas palavras mas foi a intenção. Não manipulei nem alterei o real sentido da coisa.

“Assim como os elétrons precisam da energia certa para se movimentarem, é necessário a energia correta para que as coisas deem certo. Se não, ficaremos estacionados no mesmo lugar tendo a frustração como nossa órbita.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s