Inspiração: One and Only – Adele

Minha,

Não sou do tipo de pessoa que tem muitas lembranças (não as tenho, as provoco) ou que fico olhando para o tempo, com sorrisos bobos, lembrando daquilo ou disso, ou do jeito como alguém ficou quando outrém falou certa coisa. Mas de uma coisa, eu sei: algo mudou aqui dentro. Alguma coisa fez com que as coisas mudassem.

Não sei o que aconteceu, mas você tem estado na minha mente o tempo todo. A cada dia me sinto mais afeiçoado por você, me perco no tempo apenas lembrando do seu rosto. Levei muito tempo para acabar com as minhas dúvidas e perceber que você é a única que eu quero. Apenas Deus sabe porque demorei tanto assim… Já me senti assim, cada palavra, cada sentimento não é novo para mim, então não sei porque estou com medo, assustado. Já imaginei tudo. Já estava tudo planejado em minha cabeça.

Querida, você me diz que tem complicações, que está magoada, ferida. Que já sofreu muito e que já sabe o resultado final de tudo isso mas você nunca vai saber se você nunca tentar. Você tem que tentar perdoar o seu passado e simplesmente ser minha.

Querida, eu te desafio: se deixe ser minha, permita-se. Se deixe ser a minha única e verdadeira. Eu prometo que serei merecedor de estar com você, de estar em seus braços. Por isso, me dê uma chance. Me dê uma chance para eu te provar que eu posso fazer essa caminhada, até o fim começar.

Olho pro espelho, me vejo refletida. Olho para os meus olhos e posso ver pelas janelas d’alma todas as cicatrizes que o amor já me provocou. “Estou em seu pensamento, será? Você lembra das palavras que eu digo, se perde no tempo ao ouvir meu nome… Será que um dia vou saber como é ter você por perto e ouvirei você dizer que vai comigo para onde o caminho indicar? Eu já senti isso antes. Cada palavra, cada sentimento… Eu já senti tudo isso antes. Porque estou com medo?” A proposta ecoa na mente, será que posso confiar? “(…) Você tem que tentar perdoar o seu passado e simplesmente ser minha.

Querida, eu te desafio: se deixe ser minha, permita-se. Se deixe ser a minha única e verdadeira. Eu prometo que serei merecedor de estar com você, de estar em seus braços. Por isso, me dê uma chance. Me dê uma chance para eu te provar que eu posso fazer essa caminhada, até o fim começar.

Eu não consigo abrir mão do meu coração, entrar de novo nesse jogo. Já me feri demais, já me machuquei e derramei muitas lágrimas… Não posso.

Querida, eu sei que não é fácil desistir do coração, mas ninguém é perfeito. Todos os corações já se feriram por causa de alguém, ninguém é perfeito. Mas, vamos lá querida,  me dê uma chance! Uma chance para eu provar que eu sou o único que pode fazer essa caminhada, até o fim caminhar.

Com amor,

Seu.”

Se eu dei uma chance a ele? Não sei… Nunca cheguei a receber essa carta. Achei-a no fundo de uma gaveta, em meio a papéis de conta. Acho que foi uma mais uma tentativa dele me conquistar, não sei. Até hoje me pergunto o que poderia ter acontecido se eu o tivesse dado uma chance. Gostaria que ele me entregasse essa carta, do modo como ele sempre quis, mas não sei se isso um dia irá acontecer. Por enquanto, treino a minha reação. E escondo-a na gaveta, para que ele não descubra que eu já a li.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s