O trem.

Hoje eu acordei com saudades de você. Na verdade, eu fui dormir com saudades. Um crepúsculo quente e uma noite fria é tudo o que eu preciso para me fazer lembrar de você. Lembrar do tempo que nós passamos juntos. Aquelas conversas ao pé da escada, onde planejávamos o futuro. Um futuro distante e ao mesmo tempo, perto demais. Lugar onde a gente decidiu a cor das paredes da nossa casa, ou o próximo carro que você teria. Você lembra desse futuro não é? Todos os dias, eu acho. Conhecendo você, eu sei que sim. E eu lembro também, não ache que foram palavras que eu joguei fora. Acho que as coisas que eu te falei, foram as coisas mais sérias que eu poderia dizer para alguém. Esse tipo de plano não dá pra se fazer com qualquer um que bate na porta do nosso coração e parece querer entrar.

O tempo não tem sido nosso aliado, não é? Acho que nem o tempo, nem os planos. Se eu não soubesse de tudo o que eu sei, diria que nós não iríamos dar certo. Mas nós temos um Apoio, isso ainda me traz esperanças. Aquelas esperanças que eu guardo no fundo do baú para não desperdiçar. Esperança é coisa cara hoje em dia, item de colecionador, eu tenho que dizer.

Já pegamos o trem quantas vezes, três? E sempre paramos nas estações erradas. Acho que o maquinista está querendo nos dizer alguma coisa que eu ainda não entendi, nem você. Esse trem nunca passou de forma tão rotineira na minha vida, acredite. Geralmente passava uma vez, até duas se fosse intenso. Mas três, três não. É demais. E ele sempre passa de forma devagar, para que eu suba sem cair. E o combustível nunca acaba. Quem o abastece? Acho que Aquele sentimento que Ele te deu, sabe do que eu estou falando, não é?

No meu lugar, o trem já teria parado. Há muito tempo, sim. Não sou de insistir numa coisa que parece não dar certo, mas você é diferente de mim. Tão diferente e tão igual. Acho que as minhas imperfeições completam as reentrâncias que existem em você, porque não é possível. É completo demais para não ser assim.

Ontem, naquela noite fria que me trouxe essa carência, eu lembrei. Lembrei do que ficou para trás e pensei em tudo o que acontece, sabe? Tudo isso, esses planos, essa perfeição, vem direto do Trono. E você não pode negar isso. Acho que Alguém está sentado agora, torcendo por nós dois. E quando eu dou as costas, esse Alguém fica indignado; como alguém que assiste novela mexicana e fica com raiva quando a mocinha abandona o mocinho. Só que esse Alguém faz com que o trem ande de novo.

Eu não sei muito bem o que vai acontecer daqui pra frente, digo isso a você. Vou ser sincera. Minha reação pode ser totalmente contrária as suas expectativas. Mas, existe algo bom preparado para nós, algo lá no fundo me diz que sim. Tem algo sussurrando pra mim, dizendo que é o correto a se fazer. Pensar num futuro a dois. E é nisso que eu gostaria de pensar com você.

Acho que o trem está vindo de novo, vou deixar ele chegar mais perto, para saber se é o trem certo. Hoje eu acordei com saudades de tudo, hoje eu acordei com saudades de você.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s