What is love? [part 2]

Desculpem-me. Eu errei. Fui injusta. Embora nunca ninguém o tenha visto, nunca ninguém o tenha tocado, o amor pode ser definido, sim. Não analogicamente, mas verdadeiramente. O amor é Deus. Você entende isso? Não? Então fica difícil de entender o amor. Mas é isso. O amor é um sentimento que vem direto do trono de Deus. É Ele em nós.

Quando a gente ama, nós somos capazes de morrer por aquela pessoa. Nós aguentamos humilhações, ingratidão, desprezo e não suportamos ver aquela pessoa chorar. E não é isso que Deus aguenta por nós? Ah então, ele sente amor. Não, nós sentimos amor. Ele é amor. Quando a gente ama, é como se a nossa imagem e semelhança com Deus viesse à tona. Aquela nossa capa de pecados e de trangressões fosse ligeiramente rompida. Jesus na cruz? Amor. Aquele milagre que aconteceu? Amor. De quem? De Deus.

Se é complicado definir o amor, imagine definir Deus. Imagine definir os dois, juntos! Essa tarefa, não dá pra mim. Só sei o que sinto. Eu sinto Deus, eu sinto amor. Sei o que são. Sei o que é, mas não sei explicar. Só sei que os dois são um só. Se você ama, você sente Deus. Se você tem Deus, você ama. Porque Deus é amor.

Entendeu?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s